Jornal de Umbanda Sagrada

Leia o Jornal de Umbanda Sagrada na integra, em PDF, no site:

Também estamos no Facebook:
 

Cinco palavras que fazem você ser umbandista!

Por NIKOLAS PERIPOLLI nikolas.peripolli@gmail.com

1. LIBERDADE

Liberdade não é libertinagem, nem bagunça. Ser livre é conhecer o lado infinito da Vida e saber aproveitar isso com responsabilidade, objetividade e criatividade. Liberdade é um estado de espírito e não um produto que se compra no mercado. Ser livre é uma característica de todo Umbandista.

2. AMOR

Amar vai muito além da relação homem e mulher. Amor é um sentimento presente e intenso na vida do Umbandista. Ter amor no coração significa amar a tudo a sua volta, amar sua vida como ela é, sua família e amigos. Amar não é ser bobo, nem sensível ou depressivo, amar é ser feliz e ativo nas decisões da sua vida.

3. FÉ

Ah, como temos Fé! Sim, somos movidos pela fé, mas não pela fé que se transforma em fanatismo, ou que corrompe sua essência íntima. O sentido da fé é transformador, inovador e faz com que sejamos pessoas mais positivas e otimistas.

4. PLURALIDADE

Somos brasileiros, somos umbandistas, ou seja, somos um povo acolhedor, um povo receptivo que não tem preconceito dentro de nossos corações. Nossa Umbanda é feita do povo, do rico, do pobre, do negro, do branco, do asiático, do índio, do mulato, a Umbanda é feita de todos os filhos de Deus.

5. COMPAIXÃO

O coração de todo Umbandista é uma eterna morada para ajudar aqueles que precisam. Somos movidos pela nossa compaixão, pela caridade, somos impulsionados por um desejo profundo e verdadeiro de ver a “assistência” que vai nos milhares de terreiros sair feliz, mesmo não sabendo o nome de cada um que vai lá. Ser Umbandista é tudo de bom! 🙂

Incorporação: Uma transfusão de amor!

Por MARIA AMÉLIA ROQUEmariaamelia8_1@hotmail.com

MUITAS PESSOAS têm dúvidas sobre o motivo, o porquê da incorporação, quais os benefícios, se estamos preparados e outros inúmeros questionamentos.

A mediunidade é inerente ao ser humano. Todos nós somos dotados de capacidade mediúnica. Somos seres espirituais. Essa capacidade mediúnica se divide em categorias, se assim podemos classificar. Cada ser humano tem uma afinidade maior com um tipo ou categoria de mediunidade e essa afinidade tem tudo a ver com a sua personalidade. Alguns são excelentes paranormais, outros incorporam com maior facilidade, outros ainda são excelentes projetistas astrais. Todas as categorias podem ser desenvolvidas naturalmente.

Seja qual for a sua “afinidade mediúnica”, saiba que desenvolvê-la só vai lhe trazer benefícios, não há efeitos colaterais nem contra indicações. Acredite! Prepare-se para ingressar em um portal dimensional que mudará a sua vida e lhe auxiliará a sair da zona de conforto. Não se aprende nada na inércia.

Não impeça o fluxo. Sair da zona de conforto significa crescer, evoluir e transcender a uma realidade antes desconhecida para você. Somos um Deus em expansão – deixe que Ele desperte com o desenvolvimento da sua mediunidade, lhe ampare e lhe auxilie nesse processo natural que lhe trará experiências e um aprendizado incrível!

Quando incorporamos, recebemos, pela graça Divina, uma parte da essência daquele guia ou orixá. Isso mesmo! O guia ou orixá incorporado em mim deixa amorosamente parte da essência dele no meu espírito, ativando o meu lado mais perfeito, o meu afeto, o meu sentir, o meu aspecto divino que muitas vezes está adormecido e entorpecido pelas armadilhas do ego humano, da razão e da mente que quer controlar tudo ao nosso redor. O nosso Cristo Interno é despertado no momento da incorporação.

E pra quem se pergunta por que despertar o Cristo interno, eu digo: a porção de luz despertada em mim no momento da incorporação me traz a oportunidade de estar em harmonia, desperta o meu poder pessoal, o meu carisma, me tira da apatia, me tira da repetição de padrões destrutivos, me faz lúcida, me faz renascer em vida! Posso dizer que, no desenvolver da mediunidade, está o verdadeiro religare, a nossa ligação com Deus, o nosso contato com o mundo espiritual de onde viemos e para onde voltaremos.

Nós estamos em constante transformação. Equilibrar a energia terrena e espiritual desperta nossa inteligência emocional, nos traz autoconhecimento e nos faz lembrar que somos seres multidimensionais. Eu aceito essa transfusão de amor incondicional. E você? Aceita?

Amar nunca é demais

Por BRUNA ANAUATE, recebido em gira de Mãe OXUM. brunauate@uol.com.br

PRECISAMOS APRENDER a diferenciar o sentimento do amor de outros sentimentos impuros como ciúmes, posse, vaidade, insegurança, carência ou baixa autoestima.

Temos mania de achar que amor implica em exclusividade. O amor é o sentimento da agregação por essência, portanto, ele implica coletividade e, não, exclusividade. Se eu amo algo ou alguém e esse algo ou alguém desenvolve amor por outros, isso quer dizer que o amor está se multiplicando e somando, e não se dividindo e subtraindo, como se costuma pensar.

O amor é sereno, confiante, independente, acolhedor. Se o que você pensa ser amor te traz qualquer sensação diferente disso, reveja seus conceitos, escolhas e atitudes, pois há algum tipo de contaminação ou desvirtuamento em sua percepção, ocorrida no meio do caminho. Precisamos nos vigiar e nos disciplinar para praticarmos o correto entendimento deste sentimento de Amor.

Quanto mais amor houver, mais amor teremos, pois somos todos centelhas do Pai Maior e, se há amor ao meu redor, há amor em mim.

Despertemos nosso coração para multiplicarmos o nosso amor, para amarmos muitos “algos” e “alguéns”, permitindo e desejando que esses “algos” e “alguéns” também amem muitos, e sejam por muitos amados.

Essa corrente deve mudar o desfecho de muitas pessoas, animais, plantas, etc. Pratiquem o exercício do amor puro que se multiplica, este que aqui vos explico. Vocês se surpreenderão com a capacidade de amar que têm e não utilizam.

Na medida que aprenderem a amar, aprenderão a sentir menos ciúmes, menos insegurança e menos desconfiança, pois entenderão, na prática, que o nascimento de um novo amor não afeta em nada o anterior, pelo contrário, o alimenta e fortalece.

Amemos com responsabilidade, entrega e desapego, sem esquecer de promover esse despertar a todos que estão ao nosso redor. Essa é uma das mais importantes chaves para o mundo melhor que tanto buscamos.

O ditado “amai e vigiai” fica mais claro se invertido “vigiai e amai”. Vigiai a si mesmo, amai o próximo. Amém.

A minha Umbanda

é a sua Umbanda

Por ALEXANDRE CUMINO alexandre@colegiopenabranca.com.br

Permita-se ver a umbanda com outros olhos;

Permita-se ver a umbanda por meio de muitos outros olhos;

Permita-se sentir a umbanda por meio de outros corações;

Permita-se encontrar a mesma umbanda em outras umbandas;

Permita-se reconhecer-se como um irmão, com muitos irmãos,

na mesma umbanda, com muitas umbandas.

Uma umbanda em muitas umbandas é um fato

e não uma hipótese filosófica.

Eu me identifico com você e apenas quero mostrar para mim,

em você, que a gente pode mais!

“Quem julga o semelhante não tem tempo para amá-lo”

Madre Tereza de Calcutá.

“Seja a mudança que quer ver no mundo” – Gandhi. 

“A paz começa em mim” – Morrnah e Ka`i.

Oxalá em mim saúda Oxalá em você!

Alexandre Cumino – em Santos – SP Neste Sábado!!!

 


Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;alecumino” dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para alecumino+unsubscribe@googlegroups.com.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

Anúncios
Publicado em: Sem categoria

Um comentário sobre “Jornal de Umbanda Sagrada

Comente se for um comentário instrutivo ...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s