MAIS UMA ORAÇÃO DA PRESENÇA – IV*

MAIS UMA ORAÇÃO DA PRESENÇA – IV*
(Com Alma Celta e Coração Lindo)

Que você seja abençoado por um Grande Amor.
Que o seu caminho seja honrado (porque a jornada real é em seu coração).
Que o seu olhar seja generoso – e que os seus atos sejam guiados pelo Eterno…
Que os seus centros vitais brilhem como pequenos sóis – e que a sua aura** esteja repleta das cores mais lindas.
Que você nunca desista dos ideais luminosos que norteiam sua consciência.
Que o céu do seu coração seja claro e sem as nuvens do medo e da intolerância.
Que os seus pés deixem pegadas de Luz – e que os seus pensamentos toquem o zimbório celeste.
Que você tenha a alegria dos golfinhos – e nunca se esqueça de sua criança interior.
Que você saiba reconhecer os seus erros – e tenha a força e a sabedoria necessárias para transformá-los em preciosas lições.
Que nada abale o seu caráter nem a sua espiritualidade – mesmo que você esteja diante do aguilhão da dor e da incompreensão.
Que a sua magia seja sempre a do perdão – e que você esteja dentro do círculo de Luz dos seus amigos espirituais.
Ah, que a Presença*** o abençoe…

P.S.:
A Luz das estrelas está em seu coração.
E, quando você ama, os seus olhos brilham muito.
Então, o seu semblante vira um sol.
Sim, um sol de Amor.
Ah, que você nunca se esqueça disso!
E que a sua jornada seja auspiciosa.

– Enquanto eu passava essas linhas a limpo, rolava aqui no meu som a bela voz de Luther Vandross (1950-2001), grande vocalista do soul e do pop americano. Então, como trilha sonora de mais uma Oração da Presença, deixo na sequência dois links do site do Youtube – com duas das pérolas desse grande cantor.
Luther Vandross –
“One night with you” –


“I Want the Night to Stay” –

Paz e luz.

– Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
São Paulo, 13 de abril de 2012.

– Notas:
* As três partes anteriores desse texto foram postadas no site do IPPB, e podem ser acessadas nos seguintes endereços específicos:
Parte I –
http://www.ippb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=10240:mais-uma-oracao-da-presenca&catid=138:ultimos-textos-postados&Itemid=271
Parte II –
http://www.ippb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=10311:1075-mais-uma-oracao-da-presenca-ii&catid=31:periodicos&Itemid=57
Parte III –
http://www.ippb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=10693:1143-mais-uma-oracao-da-presenca-iii&catid=31:periodicos&Itemid=57
** Aura – do latim, aura – sopro de ar – halo luminoso de distintas cores que envolve o corpo físico e que reflete, energeticamente, o que o indivíduo pensa, sente e vivencia no seu mundo íntimo; psicosfera; campo energético.
*** A Presença – metáfora celta para o Todo que está em tudo.
Quando os antigos iniciados celtas admiravam os momentos mágicos do alvorecer e do crepúsculo, costumavam dizer: “Isso é um assombro!” – E assim era para todas as coisas consideradas como manifestações grandiosas da Natureza e do ser humano.
Ver o brilho dos olhos da pessoa amada, a beleza plácida da lua, a alegria do sorriso do filho, ou o desabrochar de uma flor eram eventos maravilhosos. Então, eles ousavam escutar os espíritos das brumas, que lhes ensinaram a valorizar o Dom da vida e a perceber a pulsação de uma PRESENÇA em tudo.
A partir daí, eles passaram a referir-se ao TODO QUE ESTÁ EM TUDO como a PRESENÇA que anima a Natureza e os seres. Se a luz da vida era um assombro de grandiosidade, maior ainda era a maravilha da PRESENÇA que gerava essa grandiosidade.
Perceber essa PRESENÇA em tudo era um assombro! E saber que o sol, a lua, o ser amado, os filhos, as flores e a Natureza eram expressões maravilhosas dessa totalidade, levava os iniciados daquele contexto antigo da Europa a dizerem: “Que assombro!”
Hoje, inspirado pelos amigos invisíveis celtas, deixo registrado aqui nesses escritos o “terno assombro” que sinto ao meditar na PRESENÇA que está em tudo. E lembro-me dos ensinamentos herméticos inspirados no sábio estelar Hermes Trismegistro, que dizia no antigo Egito: “O TODO está em tudo! O Inefável é invisível aos olhos da carne, mas é visível à inteligência e ao coração.”
O TODO ou A PRESENÇA, tanto faz o nome que se dê. O que importa mesmo é a grandiosidade de se meditar nisso; essa mesma grandiosidade de pensar nos zilhões de sóis e nas miríades de seres espalhados pela vastidão interdimensional do Multiverso, e de se maravilhar ao se perceber como uma pequena partícula energética consciente e integrante dessa totalidade, e poder dizer de coração: “Caramba, que assombro!”

SAUDAÇÕES ESPIRITUAIS – II

Você veio até aqui porque o seu coração lhe disse que havia algo bom…
Algo da Luz.
E nós lhe dizemos, de alma para alma, que esse algo bom sempre esteve em seu coração… E sempre estará!
É a sua essência.
A Luz que está aqui é a mesma que vem guiando-o ao longo de eons e eons de tempo. É a Luz Primeva desdobrada em miríades de seres…
É a mesma Luz do seu coração.
Você veio aqui para fundir a sua Luz com a nossa, na maravilha da comunhão de almas. Porque as clarinadas conscienciais surgem da união de nossos propósitos luminosos.
A assistência espiritual surge da união de nossos sentimentos permeados pelo Bem. Portanto, você é nosso irmão de senda!
E, mesmo à distância, e em planos diferentes, estamos juntos, porque é a mesma Luz que nos guia na jornada.
O Todo* é nosso Comandante.
Você veio até aqui com boa vontade e firmeza – e isso é muito bom… Porque comungar com a Luz dignifica o coração.
Você está aqui pela ressonância espiritual correta… Porque você teve a coragem de assumir a Luz.
E nós reconhecemos isso. E o saudamos como irmão de senda!
Nós sabemos de suas dificuldades – mas também sabemos do seu valor. E, por isso, aqui estamos.
Você está aqui impulsionado por algo que transcende o seu próprio entendimento… Algo que pulsa no cerne do seu Ser – uma essência sutil, maravilhosa e corajosa.
E nós estamos aqui pela mesma Graça Espiritual.
A Luz nos uniu, de alma para alma.
Que bom que você veio, com coragem e caráter.
Lembre-se: você é uma centelha do Amor Primevo.
E nós o saudamos como irmão de senda!
A Luz é a nossa fiadora.
E o Todo nos abraça.

União. Amor. Discernimento.
E vamos fazer o Bem, sem olhar a quem.

Paz e Luz.

– Os Iniciados** –
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – São Paulo, 20 de março de 2012.)

– Nota de Wagner Borges: esses escritos foram recebidos durante uma reunião espiritual com o grupo de estudos do Espaço Origens. O seu conteúdo está direcionado para os participantes do mesmo. Entretanto, sua leitura poderá ser útil para outros grupos de estudantes e trabalhadores espirituais. Por isso, estou disponibilizando o texto em aberto para todos.
E espero que essas palavras projetadas pelos mentores extrafísicos possam servir de inspiração para a consecução de lindos trabalhos espirituais, além de fortalecer o caráter e a jornada consciencial de todos aqueles que sabem que viver não é só comer, beber, dormir, copular e, finalmente, morrer.
Sim, Amor e Fortaleza de Espírito, baseada na Luz.
Oxalá esses escritos cheguem a quem de direito – por obra e graça do Todo.

– Notas do Texto:
* O Todo – expressão hermética para designar o Poder Absoluto que está em tudo. O Supremo, O Grande Arquiteto Do Universo, Deus, O Amor Maior Que Gera a Vida. Na verdade, O Supremo não é homem ou mulher, mas pura consciência além de toda forma. Por isso, tanto faz chamá-lo de Pai Celestial ou de Mãe Divina. Ele é Pai-Mãe de todos.
** Os Iniciados – grupo extrafísico de espíritos orientais que opera nos planos invisíveis do Ocidente, passando as informações espirituais oriundas da sabedoria antiga, adaptadas aos tempos modernos e direcionadas aos estudantes espirituais do presente.
Composto por amparadores hindus, chineses, egípcios, tibetanos, japoneses e alguns gregos, eles têm o compromisso de ventilar os antigos valores espirituais do Oriente nos modernos caminhos do Ocidente, fazendo disso uma síntese universalista. Estão ligados aos espíritos da Fraternidade da Cruz e do Triângulo. Segundo eles, são “iniciados” em fazer o bem, sem olhar a quem.

Obs.: Segue-se na sequência a primeira parte desse texto.

SAUDAÇÕES ESPIRITUAIS

A educação terrestre recomenda, corretamente, que, ao nos dirigirmos a uma pessoa, com uma finalidade específica, em primeiro lugar devemos cumprimentá-la atenciosamente, manifestando gentileza e interesse em estabelecer uma boa relação.
Por isso, o convencionalismo social da humanidade criou os tradicionais cumprimentos: “Bom dia”, “Boa noite”, “Como vai?”, “Tudo bem?”, “Tudo azul?”, “Olá”, e outros.
As saudações, em sua base, são positivas. Carregam em seu bojo uma atmosfera benéfica, se forem proferidas com um real sentimento de amistosidade.
Porém, em sua grande maioria, os homens cumprimentam-se maquinalmente e, por vezes, até irritadamente, traduzindo na saudação o seu desequilíbrio interior e projetando inconscientemente, por meio desta, a sua energia negativa, muito embora, aparentemente, a pessoa esteja sorrindo e mostrando-se atenciosa.
Como o corpo físico, devido às suas vibrações lentas, não reflete o que a consciência manifesta em seu corpo mental, constituindo-se em uma verdadeira máscara densa, as pessoas não notam, muito embora pressintam, que a outra pessoa não está bem.
Ao deixar o corpo físico, por ocasião da projeção temporária*, que ocorre no sono comum, ou por ocasião da projeção final, chamada morte, a consciência manifesta-se através do corpo astral** e está desvestida da sua “máscara de carne”, que disfarçava na vigília física os seus sentimentos e pensamentos.
É nessa hora que se pode ver o nível real da pessoa, pois cada um leva para fora do corpo a sua atmosfera real, plasmada indelevelmente em seu veículo astral, retrato vivo do seu “hálito espiritual”.
Logo, ninguém muda ao sair do corpo. Não é melhor nem pior que ninguém; está apenas fora do corpo. As qualidades e vícios são os mesmos.
Baseado nisso, nas escolas espirituais do “Astral” costuma-se usar o binômio “Paz e Luz” como saudação fraterna.
“Paz” significa equilíbrio emocional e “Luz” significa equilíbrio energético.
A reunião de “Paz e Luz” como saudação espiritual é simplesmente a síntese, em apenas duas palavras, de um potencial mantrânico que reflete o equilíbrio espiritual.
Portanto, essa saudação possui uma egrégora positiva, que é evocada no momento do cumprimento e que manifesta em sua essência o desejo de viver em “Paz” e de brilhar na “Luz”, como espírito equilibrado no Bem.

Paz e Luz!

– Ramatis*** –
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – Texto extraído do livro “Viagem Espiritual – Vol. 1 – Editora Zennex – 1993.)

– Notas:
* Projeção da consciência – é a capacidade parapsíquica – inerente a todas as criaturas -, que consiste na projeção da consciência para fora de seu corpo físico.
Sinonímias: Viagem astral – Ocultismo.
Projeção astral – Teosofia.
Projeção do corpo psíquico – Ordem Rosacruz.
Experiência fora do corpo – Parapsicologia.
Viagem da alma – Eckancar.
Viagem espiritual – Espiritualismo.
Viagem fora do corpo – Diversos projetores extrafísicos e autores.
Emancipação da alma (ou desprendimento espiritual) – Espiritismo.
Arrebatamento espiritual – autores cristãos.
** Corpo astral – do latim, astrum – estrelado – expressão usada pelo grande iniciado alquimista Paracelso, no séc. 16, na Europa, e por diversos ocultistas e teosofistas posteriormente.
Sinonímias: Corpo espiritual – Cristianismo – Cor. I, cap. 15, vers. 44.
Perispírito – Espiritismo – Allan Kardec, séc. 19, na França.
Corpo de luz – Ocultismo.
Psicossoma – do grego, psique – alma; e soma, corpo. Significa literalmente “corpo da alma” – Expressão usada inicialmente pelo espírito André Luiz nas obras psicografadas por Francisco Cândido Xavier e por Waldo Vieira, nas décadas de 1950-1960, que atualmente é mais usada pelos estudantes de Projeciologia.
*** Para mais informações sobre o mentor espiritual Ramatís, basta acessar o seguinte link do site do IPPB: http://www.ippb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=6557&Itemid=269

Anúncios
Publicado em: Sem categoria

Comente se for um comentário instrutivo ...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s