Mais Uma Oração Da Presença – IV :: Wagner Borges ::

Mais Uma Oração Da Presença - IV

Mais Uma Oração Da Presença – IV

:: Wagner Borges ::

(Com Alma Celta e Coração Lindo)

Que você seja abençoado por um Grande Amor.
Que o seu caminho seja honrado (porque a jornada real é em seu coração).
Que o seu olhar seja generoso – e que os seus atos sejam guiados pelo Eterno…
Que os seus centros vitais brilhem como pequenos sóis – e que a sua aura** esteja repleta das cores mais lindas.
Que você nunca desista dos ideais luminosos que norteiam sua consciência.
Que o céu do seu coração seja claro e sem as nuvens do medo e da intolerância.
Que os seus pés deixem pegadas de Luz – e que os seus pensamentos toquem o zimbório celeste.
Que você tenha a alegria dos golfinhos – e nunca se esqueça de sua criança interior.
Que você saiba reconhecer os seus erros – e tenha a força e a sabedoria necessárias para transformá-los em preciosas lições.
Que nada abale o seu caráter nem a sua espiritualidade – mesmo que você esteja diante do aguilhão da dor e da incompreensão.
Que a sua magia seja sempre a do perdão – e que você esteja dentro do círculo de Luz dos seus amigos espirituais.
Ah, que a Presença*** o abençoe…

P.S.:
A Luz das estrelas está em seu coração.
E, quando você ama, os seus olhos brilham muito.
Então, o seu semblante vira um sol.
Sim, um sol de Amor.
Ah, que você nunca se esqueça disso!
E que a sua jornada seja auspiciosa.

– Enquanto eu passava essas linhas a limpo, rolava aqui no meu som a bela voz de Luther Vandross (1950-2001), grande vocalista do soul e do pop americano. Então, como trilha sonora de mais uma Oração da Presença, deixo na sequência dois links do site do Youtube – com duas das pérolas desse grande cantor.
Luther Vandross –
“One night with you” –


“I Want the Night to Stay” –

Paz e luz.
Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.

– Notas:
* As três partes anteriores desse texto foram postadas no site do IPPB, e podem ser acessadas nos seguintes endereços específicos:
** Aura – do latim, aura – sopro de ar – halo luminoso de distintas cores que envolve o corpo físico e que reflete, energeticamente, o que o indivíduo pensa, sente e vivencia no seu mundo íntimo; psicosfera; campo energético.
*** A Presença – metáfora celta para o Todo que está em tudo.
Quando os antigos iniciados celtas admiravam os momentos mágicos do alvorecer e do crepúsculo, costumavam dizer: “Isso é um assombro!” – E assim era para todas as coisas consideradas como manifestações grandiosas da Natureza e do ser humano.
Ver o brilho dos olhos da pessoa amada, a beleza plácida da lua, a alegria do sorriso do filho, ou o desabrochar de uma flor eram eventos maravilhosos. Então, eles ousavam escutar os espíritos das brumas, que lhes ensinaram a valorizar o Dom da vida e a perceber a pulsação de uma PRESENÇA em tudo.
A partir daí, eles passaram a referir-se ao TODO QUE ESTÁ EM TUDO como a PRESENÇA que anima a Natureza e os seres. Se a luz da vida era um assombro de grandiosidade, maior ainda era a maravilha da PRESENÇA que gerava essa grandiosidade.
Perceber essa PRESENÇA em tudo era um assombro! E saber que o sol, a lua, o ser amado, os filhos, as flores e a Natureza eram expressões maravilhosas dessa totalidade, levava os iniciados daquele contexto antigo da Europa a dizerem: “Que assombro!”
Hoje, inspirado pelos amigos invisíveis celtas, deixo registrado aqui nesses escritos o “terno assombro” que sinto ao meditar na PRESENÇA que está em tudo. E lembro-me dos ensinamentos herméticos inspirados no sábio estelar Hermes Trismegistro, que dizia no antigo Egito: “O TODO está em tudo! O Inefável é invisível aos olhos da carne, mas é visível à inteligência e ao coração.”
O TODO ou A PRESENÇA, tanto faz o nome que se dê. O que importa mesmo é a grandiosidade de se meditar nisso; essa mesma grandiosidade de pensar nos zilhões de sóis e nas miríades de seres espalhados pela vastidão interdimensional do Multiverso, e de se maravilhar ao se perceber como uma pequena partícula energética consciente e integrante dessa totalidade, e poder dizer de coração: “Caramba, que assombro!”

Fonte:

http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=12227

Anúncios
Publicado em: Sem categoria

Comente se for um comentário instrutivo ...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s