O que é Umbanda? Parte 01.

Por: Etiene Sales, em 23/08/2010 às 00:36
http://extra.globo.com/noticias/religiao-e-fe/etiene-sales/o-que-umbanda-parte-01-365798.html

“Todos querem mudar o mundo, mas não querem mudar a si próprio” Liev Tolstói

O que é Umbanda? Parte 01.

Há algumas semanas uma pessoa me procurou e me perguntou o que era Umbanda”.
Embora ela tenha dito que era de outra religião, mas não seguidora, que vai ‘as vezes, quando dá vontade, ela ficou curiosa em saber o que era Umbanda, em virtude do programa “Sagrado “.
Eu iniciei fazendo-lhe uma pequena pergunta: “Se você fosse uma feirante, e uma freguesa chegasse até a sua barraca e pedisse 1 dúzia de laranjas, o que você, primeiramente, peguntaria a ela?”
A pessoa disse então: “Eu perguntaria a ela que tipo de laranja ela quer”.
Eu falei:

“Exatamente, que tipo de laranja: seleta, pera, lima, Bahia … porque não existe um único tipo de laranja, como não existe uma única maneira de pensar, ver a vida ou uma única religião para todos os seres humanos.”
Nós seres humanos somos diversos, plurais, em tudo em nossas vidas. Porém, sistematizamos, normatizamos particularidades, mas que, mesmo assim, como o próprio Direito, dependendo do país, teremos leis que em um país existe, e em que outros não existem, ou, para um determinado país algo é crime e, um um outro, é fato comum, cultural e não é visto como crime.
Assim também é a Umbanda. Não é uma única religião, mas um conjunto diverso e plural com diversos ramos ou vertentes. Como é o Cristianismo, o Budismo, o Judaísmo … onde existem diversas ramificações, mas existem pontos em comum, interseções, para que se considerem membros do mesmo conjunto religioso.
Então ela me disse: “Tudo bem. Entendi que ela é múltipla, mas o que prega, qual é a mensagem ou as mensagem de Deus, o que nos trás de bom, cada uma dessas formas?”
Eu disse a ela:

“Cada ramo ou cada forma trás uma mensagem, uma visão, uma doutrina diferenciada, onde teremos ai uma bricolagem e/ou um sincretismo religioso com outras religiões, com outras doutrinas religiosas, que foram sendo agregadas ‘a Umbanda ou as diversas Umbandas ao longo do tempo.”
Vamos ter Umbandas que têm uma forte influência Cristã Católica, inclusive se denominando como “Umbanda Cristã”, em que algumas veem Jesus Cristo como Deus, sincretizando-o com Oxalá, Orixá Africano. Porém, Oxalá no caso, não é o Orixá africano, mas uma apropriação do nome Oxalá, em que a imagem nos altares, normalmente, é o “Sagrado Coração de Jesus”, a figura de Jesus, numa concepção fortemente Católica.
Nessa forma de Umbanda, inclusive os Santos da Igreja Católica, como: São Jorge, Nossa Senhora, São João Batista … também foram sincretizados com os Orixás africanos, mas apenas no nome, pois, por exemplo, se fala Ogum, mas a imagem que é apresentada no altar é de São Jorge (no Rio de Janeiro, Recife e Porto Alegre, mas na Bahia Ogum é representado como Santo Antônio).
Vamos ver também nessa vertente de Umbanda orações, como: Ave Maria, Pai Nosso, Credo, Salve Rainha … Batismos em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo, uso do sinal da cruz, muito uso de passagens do Novo Testamento, na menção dos exemplos de Jesus.
A moral religiosa ali colocada é a moral Cristã de cunho Católico, mas retirada dela os pontos de conflito ideológicos, principalmente o do não evocação do espirito dos mortos. Porém, é assumida a moral Cristã, a caridade, o amor ao próximo, a não realizações de trabalhos ou formas de magia que possam prejudicar. Trabalha-se para o bem do outro e pela caridade, não existindo nenhum tipo de cobrança financeira.
Embora nessa forma de Umbanda seja muito nítida uma concepção doutrinária Cristã, muito voltada ao Novo Testamento (de maneira reducionista), acreditasse na reencarnação, em vidas passadas, carma, missões … e outras características, ou princípios, da Doutrina Espírita, mas vistas de forma superficial e pontual, não aprofundada.
Já em uma outra vertente, a Umbanda Espírita Cristã, veremos uma dupla personalidade de Jesus: uma hora dito como Deus, uma hora visto como médium dos médiuns, uma exemplo espiritual humano de evolução a ser seguido, onde existe uma grande influência do Espiritismo, inclusive como fonte doutrinária.
O Cristianismo Católico é menor e foi sendo substituído pela Doutrina Espírita em que teremos menos imagens de Santos Católicos nos altares (em alguns casos não existem imagens de Santos Católicos, apenas a imagem de Jesus ou a cruz, ou nem existe a representação de um altar).
Veremos nesses locais, uma doutrinação ou evangelização, em que se utiliza, de maneira reducionista, a Doutrina Espírita, mas sem abordar pontos de conflito em relação maneira de se apresentar dos guias, uso de velas, símbolos, fumo, bebida etc. Onde o importante é a construção de uma moral de evolução, onde os princípios do Espiritismo (reencarnação, carma, lei de causa e efeito … ) foram adaptados a uma visão dentro do trabalho dos guias umbandistas, e que a caridade é o propósito maior, não sendo permitido a cobrança pelas consultas, não permitindo qualquer tipo de maldade ou trabalho para prejudicar ninguém.
Dentro da própria “Umbanda Cristã” e da “Umbanda Espírita Cristã”, existem diferenciações de formas, onde veremos que em algumas casas não é permitido o fumo e a bebida para os guias; só se trabalha, em alguns casos, apenas com pretos velhos, caboclos e crianças, não sendo trabalhados os Exus e Pombo giras, pois, mediante a Doutrina Espírita, seriam Espíritos obsessores, atrasados … Não sendo permitida a sua manifestação. Já em outras formas desses dois ramos de Umbanda, se utiliza o fumo, a bebida, os atabaques, se trabalha com Exus e Pombo giras e até outros guias, como: baianos, ciganos, malandros, marinheiros …
Uma outra característica dessas formas de Umbanda é o não cultuar Orixás e a não utilização de oferendas que envolvam animais ou o sacrifício cruento (sacrifício animal). Segundo essas duas correntes, aqueles que utilizam oferendas animais e o sacrifício cruento, não são Umbanda.
Continua …

Anúncios
Publicado em: Sem categoria

Comente se for um comentário instrutivo ...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s