Corpo Fechado

Corpo Fechado

Publicado em Coisas da vida

cirque-fire-5.jpg
Corpo fechado. Antes de eu dar minha famosa receita de mega-proteção gostaria que atentassem para alguns fatos quanto à religião de uma forma geral. Há 10 milhões de anos atrás, aparece na terra o homem na forma de Australopitecus, a primeira forma autêntica de Homem e posterior aos Ramaphitecus, que foram os últimos homens-macacos. No começo, com uma vida similar a um animal alimentava-se de raízes, plantas e insetos.
Do convívio com outros homens cria uma comunicação mediante a linguagem e começa a se diferenciar dos outros animais.Criam-se tribos, amplia-se sua base social e se desenvolve a observação da natureza, começa a pensar em diversas situações que acontecem, tais como os sonhos, os fenômenos atmosféricos, o nascimento de uma nova vida, as doenças e a morte.
As práticas religiosas são uma fase recente dentro da evolução do Homem. Digamos que anterior a 200 mil anos o Homem careceu de todo sentimento religioso. A religião existe, mas ainda o Homem na sua ignorância não tem consciência dela.A resposta a essas suas preocupações há de estar em um ser superior que não habita em sua comunidade.O Homem sente a necessidade de um Deus como um meio de atingir a imortalidade. A existência de um Deus é de interesse pessoal do Homem usando-o como seu protetor e para lhe garantir sua ressurreição e vida eterna.
A própria palavra religião só existiu no contexto cultural europeu, marcado pela presença do cristianismo que se apropriou do termo latino religio. Em outras civilizações não existe uma palavra equivalente. O hinduísmo antigo utilizava a palavra rita que apontava para a ordem cósmica do mundo, com a qual todos os seres deveriam estar harmonizados e que também se referia à correta execução dos ritos pelos brâmanes. Mais tarde, o termo foi substituído por dharma, termo que atualmente é também usado pelo budismo e que exprime a idéia de uma lei divina e eterna. Rita relaciona-se também com a primeira manifestação humana de um sentimento religioso, a qual surgiu nos períodos Paleolítico e Neolítico, e que se expressava por um vínculo com a Terra e com a Natureza, os ciclos e a fertilidade.
O fato é que a civilização, nossos antepassados mais longínquos e nossos sucessores que nem ainda sonhamos ter em algum momento procuraram ou irão procurar pela proteção Divina onde entenderem que ela está. De fato, somos tão frágeis com nossa perene estada neste mundo e neste tempo que nada mais justo do que procurarmos proteção segura e infalível.
Gosto de patuás. Porque com eles eu digo ao mundo que amo minha vida e vou buscar proteção para continuar por aqui.Essa é minha leitura pessoal.Contudo, não quero um corpo fechado.Vou ser bem sincera: ano passado enfrentei algumas demandas brabas. E como sou feliz por ter passado por isto tudo. Na hora, no momento que se vive um conflito é bem difícil.Mas passa e com isto tudo saí fortalecida.Como também vocês devem ter passado por momentos assim.
Um corpo fechado aos males do mundo só se faz com uma mente aberta.Não há outra fórmula.Esteja pronto ao que vier, quando vier.Não sofra por antecipação, mas antes aprenda a rir de seus erros.A vida é um grande circo, pois temos que ser malabaristas, engolidores de fogo e palhaços.

Num destes programas de televisão na linha de humor, um dos integrantes certa vez falou: “Palco de pobre é terreiro de umbanda”.Antes de ser preconceituoso é verdadeiro, no meu entender.Os pobres de esperança, de amor e de fé vão aos terreiros de Umbanda em busca de enriquecimento de seus sentimentos.E se tiverem entendimento, sairão deste palco divino mais ricos.
Hoje coloquei um vídeo para assistirem. Todas vezes que vejo me emociono.Gostaria que prestassem atenção aos detalhes. No início o primeiro som é o de pássaros e as primeiras frases escritas dizem o seguinte:Se você não tem voz:GRITE; Se não tem pernas:CORRA; Se não tem esperança:INVENTE.
Como filha de Deus, em busca de seus passos, hoje creio que entendo um pouquinho Dele. Ele ama e protege os que têm coragem,os que têm riso fácil e os que sabem que são apenas um grão de areia no meio da eternidade.Alegria do Cirque Du Soleil para mim, em uma visão simbólica bem forte, é uma gira de Umbanda, a gira da própria vida.
Se você quer fazer caridade, apesar das nuvens seja o Sol. Se você quer ter fé,acredite no amanhecer de um novo tempo, acredite em seu potencial. Se você quer dar amor ao próximo, olhe nos olhos dele e sorria! Sua mente aberta será sempre seu maior trunfo!Saravá!

Aqui vai a tradução da música:

Alegria

Alegria
Como um raio de vida
Alegria
Como um louco a gritar
Alegria
De um delituoso grito
De uma triste pena, serena
Como uma raiva de amar
Alegria
Como uma explosão de júbilo

Alegria
Eu vi uma faísca da vida brilhando
Alegria
Eu ouço um jovem menestrel cantando
Alegria
O grito bonito
Um rugir de sofrimento e de felicidade
Tão extremo… Um amor furioso dentro de mim,
Alegria
Um feliz e mágico sentimento.

Alegria
Como um raio de vida
Alegria
Como um palhaço a gritar
Alegria
De um delituoso grito
De uma triste pena, serena
Como uma fúria de amar
Alegria
Como um assalto de felicidade
De um delituoso grito
De uma triste pena, serena
Como uma fúria de amar
Alegria
Como um assalto de felicidade

Alegria
Como a luz da vida
Alegria
Como um palhaço que grita
Alegria
De um estupendo grito
De uma tristeza louca,
Serena
Como uma raiva de amar
Alegria
Como um assalto de felicidade

De um estupendo grito
De uma tristeza louca
Serena
Como uma raiva de amar
Alegria
Como um assalto de felicidade

Tão extremo Um amor furioso em mim
Alegria
Um feliz e mágico sentimentos

Postado por Andréa Destefani

Anúncios
Publicado em: Sem categoria

Comente se for um comentário instrutivo ...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s